Postagens Mais Acessadas

2.7.09

Sexualidade Infantil - Dúvidas Crueis



Entrevista realizada: Revista da Folha - Jornal Folha de São Paulo - Domingo, 07/09/2003 com a Psicanalista Lulie Macedo

Quem deve falar sobre sexualidade com as crianças? Estas perguntas muitas vezes nos deixam numa "saia justa". É por isso que transcrevi esta entrevista, por achá-la muito bacana.
Quem responde às dúvidas sobre sexo, mãe ou pai? Os dois. É importante que os pais tenham um discurso coerente, e para isso é preciso que conversem antes entre si. Deve-se evitar que mães assumam respostas para um tipo de questão e pais, para outras, com frases do tipo: "Isso é com seu pai", ou "Sua mãe é que entende dessas coisas de mulher". Ambos devem ter a mesma autoridade e demonstrar igualdade em suas funções.
Até quando ficar nu na frente das crianças? Enquanto os pais se sentirem à vontade e os filhos encararem com naturalidade, não há problema. Vale lembrar que a partir de uma certa idade, geralmente por volta dos 7, 8 anos, a criança começa a querer privacidade e isso deve ser respeitado.

Meu filho quis tocar em meus órgãos sexuais. Devo permitir? Desde que os pais não fiquem constrangidos, sim. Esse pode ser um bom momento para explicar o que são e para que servem ("Esse é o pênis do papai, serve para fazer xixi e brincar com a mamãe. Você não deve deixar ninguém mais velho mexer no seu pênis"). Se os pais ficarem constrangidos, é melhor dizer com delicadeza que não querem que o filho mexa em seu corpo. É melhor do que permitir contra a vontade, porque as crianças percebem.

Posso deixar meu filho dormir na minha cama? Não é um hábito aconselhável, porque pode erotizar a criança, principalmente quando um dos pais não está (simbolicamente, é como se o filho estivesse assumindo o papel de um dos dois). Se ele estiver com medo de ficar sozinho, é melhor acompanhá-lo até o seu quarto e ficar com ele até dormir.

Posso cumprimentar meu filho com beijinho na boca? Se esse é um hábito familiar, tudo bem. O limite está em perceber se a criança não está erotizando essa atitude, provocando o beijo e fazendo de outras maneiras.

Posso me referir aos órgãos genitais por apelidos engraçadinhos? Sim, mas não deixe de ensinar os nomes científicos: pênis e vagina. Por que apenas os órgãos sexuais devem ter apelidos? Não se chama nariz ou braço de outra coisa. Usar nomes "sérios" também confere naturalidade ao assunto.

Dúvidas, entre em contato com o blog.

Nenhum comentário:

Postar um comentário