Postagens Mais Acessadas

31.8.09

Terapia e Gestação, funciona? Terapia e Pós-Parto, quando começar?


Qual a importância do acompanhamento terapêutico para gestantes e no período de pós-gestação?

Atualmente, sabemos da importância dos primeiros anos de vida para uma criança e como é valioso, que ao longo de seu desenvolvimento o seu meio ambiente e as suas primeiras relações sejam tranqüilas, para que o bebê possa usufruir de um crescimento físico e mental saudável. Com o avanço das pesquisas, fomos além no conhecimento sobre o bebê e constatamos que todas as experiências intra-uterinas terão também influência no desenvolvimento emocional e orgânico do bebê e posteriormente na fase de meninice, adolescência e adulto.

A interação psicológica existente entre a díade mamãe-bebe durante a gestação será essencial para que a relação da mãe com seu bebê possa ser saudável e feliz após o nascimento.

Quanto mais tranqüila e segura estiver a mãe e o casal, mais calma será a chegada e a vidinha desse bebê do lado de fora.


Quando buscar este acompanhamento? No pré-parto em qualquer semana da gestação. As sessões acontecem semanalmente por um tempo que será determinado caso a caso, pois para cada mulher a gestação será sentida de forma única. No pós-parto, através de suporte tanto para a mulher quanto para o pai, caso o casal também sinta necessidade de cuidar de seus medos, expectativas e esperanças. Também é essencial em casos onde haja suspeita de depressão pós parto (tanto da mulher como do homem).


A procura por suporte terapêutico pode ser dada em qualquer período da vida humana onde o indivíduo sentir que suas angústias estão intoleráveis ou quando a relação afetiva da mãe com seu filho estiver abalada.


Dúvidas entre em contato com o blog

Nenhum comentário:

Postar um comentário