Postagens Mais Acessadas

2.10.11

Como estimular bebês com síndrome de Down?



Como estimular bebês com síndrome de Down?
Desde que nasce o bebê vai se relacionando com seu meio ambiente. É por meio dos órgãos dos sentidos e pela experiência com que ele lida com seu meio ambiente que o bebê vai fazendo as integrações em seu cérebro, principalmente no que diz respeito aos aspectos emocionais e cognitivos.
Portanto, quanto mais estimulamos o bebê, mais esperto ele vai ficando. Nessa fase, a criança é uma esponja que absorve conhecimentos e afetos. Entretanto, lembre-se, tudo na medida certa e sem extremos. O bebê com síndrome de Down responde aos estímulos, mas de uma maneira um pouco mais lenta. Portanto, tenha paciência e dê tempo ao tempo.
O bebê com down apresenta uma maior necessidade em ser estimulado seu aspecto motor. São muitas as atividades lúdicas e trabalhos corporais que podemos oferecer com bebê, querem ver:
Idade: 0 – 3 meses
Estimulação auditiva:
Ofereça ao bebê objetos ou brinquedos sonoros que possam ser associados a rotina (um patinho que faz barulhinho e representa a hora do banho, relógio tic-tac).
Coloque pequenos diferentes objetos e com texturas diferentes na palma das mãozinhas do bebê, para que ele os sinta e aprenda.
Desenvolvimento esquemático:
Procure manter os objetos ou brinquedinhos mais tempo em suas mãozinhas. Se ele tender a abrir as mãos e deixá-los cair, ajude-o a sustentar por um tempinho maior (aros plásticos, bobs de diferentes tamanhos e materiais, argolas, cubos pequenos, bolinhas plásticas de diferentes tamanhos).
Estimulação equilíbrio e motor:
Utilize a bola suissa para deslizar o corpinho do bebê, ora para frente, ora para trás, numa brincadeira alegre e interativa (bolas de diferentes tamanhos).
Estimular a permanência dos objetos:
Use bonecos para brincar de achou/esconde e trabalhe a permanência do brinquedo. Em determinados momentos foque partes do objeto, em outros o objeto total. Tudo com muita paciência e alegria (bonequinhos de pano, fantoches, dedoches).
Idade: 3 – 6 meses
Conceito do próprio corpo:
Estimular o bebê a movimentar seus bracinhos, suas mãozinhas, sua cabeça. Olhar para os lados, agarrar pequenos brinquedos e manusear objetos de uma mão para outra. (aros, argolas, chocalhos, etc)
Imitação de gestos:
Brinque com o bebê em frente ao espelho. Faça várias expressões faciais e observe a expressão do bebê. Aproveite para cantar e fazer gracejos (espelho, espelho para bebê).
Manipulação e exploração:
Não dê ao bebê todos os brinquedos ao mesmo tempo. Procure direcioná-lo a um objeto por vez e estimule-o a explorá-lo. Use brinquedos coloridos, com sons, luzes e botões de apertar ou girar (jogos de manipulação causa e efeito).
Idade: 6 – 9 meses
Permanência do objeto:
Ofereça caixas com tampa para estimular ao bebê que coloque peças ou brinquedinhos dentro da caixa. Tampe a caixa, agite-a, auxilie o bebê a ficar curioso sobre seu conteúdo. Celebre a abertura da caixa e deixe o bebê explorar seu conteúdo (caixa com tampa, brinquedos pequenos e seguros).
Desenvolvimento de esquemas:
Ofereça ao bebê objetos de formas, texturas e cores diferentes. Observe a reação do bebê e interaja com ele. Ajude-o a explorá-los. (bolas, aros, arcos, argolas, bobs, pulseiras plásticas).
Relações espaciais:
Ajude o bebê a introduzir aros, arcos no pedestal e celebre cada acerto (aros, arcos coloridos, bases).
Imitação:
Estimule, por meio de seu comportamento gestual, a bater palminha, erguer os braços, mover as perninhas, movimentar a cabeça, etc. (corpo). Cumprimente o bebê a cada conquista.
Idade: 9 - 12 meses
Imitação: intente realizar ações que estimulem o bebê a reproduzir os seus movimentos, tais como, bater sobre a mesa, chutar um brinquedinho, levantar os braços. Estimular o bebê, respeitando suas habilidades (corpo)
Discriminação de objetos familiares:
Estimule o bebê a identificar 3 objetos familiares (chocalho, bonequinho, bola) e coloque-os de frente para ele. Coloque outros objetos parecidos aos originais que você mostrou anteriormente ao bebê. Solicite que ele os pegue e os entregue a você. Parabeníze-o em cada acerto. Repita a ação com cada objeto semelhante (chocalho, bola, boneco e outros objetos familiares ao bebê).

Nenhum comentário:

Postar um comentário