Postagens Mais Acessadas

6.1.14

O bebê aprende a falar desde cedo

O bebê fala?
Fala sim!!
Fala algumas palavrinhas reflexas, conforme relata Priscila Dustan. A musicista e pesquisadora dessas palavras reflexas, refere que os sons são característicos até cerca de 3 meses do bebê, e, dizem respeito a fome, cansaço, dor, desconforto, entre outras. Depois dessa fase, os reflexos vão dando lugar a outros sons “comunicatórios”.
Como você pode notar, os bebês estão desafiando a linguagem desde que nascem. Usam a comunicação não verbal (gestos e movimentos corporais) e o choro para demonstrarem o que precisam e logo devolvem a sua mãe um sorriso gostoso com cerca de 2 meses.
Para o bebê desenvolver a linguagem falada, ele precisa de estímulo constante de um cuidador amoroso e preocupado com seu desenvolvimento global. Ao mesmo tempo que o pequenino brinca, ele está exercitando seu aparato fonoaudiológico, emocional, físico e neuromotor. Brincar é uma construção de competências para o bebezinho!
Quando o bebê usa os brinquedos, ele tem a oportunidade de experienciar o mundo por meio do brinquedo: falar no telefone de brinquedo, cantar com a música dos brinquedinhos, movimentar-se junto ao corpo da mamãe, etc. Tudo isso auxilia no desenvolvimento da linguagem e do vocabulário do pequenino.
De maneira geral podemos dizer que em 12 meses o bebê vai evoluir muito em seu processo linguístico.
Você não acredita?
Então confira!
Faixa de zero a três meses
*Os recém-nascidos emitem sons característicos denominados de arrulhos ou murmúrios. Parecem gritinhos, acompanhados do estalido da língua. Os sons chamam a atenção dos pais e preparam o arcabouço facial e vocálico para uma boa conversa no futuro.
*Com cerca de dois ou três meses o bebê começa a balbuciar e adoram o: ah, oh, eh. A mamãe e o papai se encantam com isso e podem passar um bom tempo “conversando”.
*Iniciam o sorriso social e dão significado ao choro, ou seja, eu choro porque preciso de algo.
*Apreciam os sons que fazemos com nosso aparato vocal.
Faixa dos quatro aos seis meses
*Balbuciam com mais eloquência.
*Apreciam ouvir seus próprios sons: risinhos e gritinhos.
Faixa dos seis aos dez meses
*Balbuciam com a corda toda e unem vogal com consoante: papapa, dadada, mamama, nenene.
*Tentam imitar o papai, a mamãe ou outro cuidador.
*Adoram ouvir musiquinhas, sons diversos, brinquedinhos sonoros, músicas acompanhadas de instrumentos musicais.
*Apreciam ouvir a conversa do papai e da mamãe.
Faixa dos onze aos dezoito meses
*O bebê aumenta seu repertório de palavrinhas e constrói frases curtinhas (dá nenê).
*Aprendem com facilidade a identificar cada parte de seu corpinho.
*Identificam seus brinquedos favoritos e conhecem as pessoas por seus nomes (cadê a Lili?).
*Gostam muito de dançar, remexer o corpinho ao som de uma musiquinha animada, principalmente quando está grudado ao corpo dos pais. Acompanham com muita competência o ritmo da música e se alegram com ela.
E ai, você ainda tem dúvida que o bebê fala?


Nenhum comentário:

Postar um comentário