Postagens Mais Acessadas

18.3.14

Brincar é essencial para desenvolvimento físico e mental das crianças

Chris Flores, Regiane Glashan, Isabel Patrão
A semana passada estive, como palestrante, em um evento patrocinado pela indústria de brinquedos Mattel. O desejo da empresa era que eu conversasse com um grupo de mães sobre a importância do brincar e o brincar de carrinho (mães e filhos). Foi uma tarde tão bacana que eu gostaria de dividir com vocês. Para mim seria uma simples conversa informal entre terapeuta e mães antenadas. Para minha surpresa, o evento teve proporções imensas e muitos veículos de comunicação se atentaram para o tema e estão divulgando o encontro como um chamariz para a importância do brincar de carrinho independente do gênero, assim como brincar de boneca.
A Mattel considerou o encontro de grande importância ao ponto de ter convidado a diretora de marketing da Mattel para abrir o evento (Isabel Patrão) bem como a apresentadora do programa “Hoje em dia” – Cris Flores. Afinal ela é mãe de um menino (Gabriel) de oito anos. Segundo Flores, eles passam muito tempo brincando de carrinho.
Aqui vai uma parte do que foi conversado no dia do evento!
“Preparar a comida, levar para a escola, ajudar no dever de casa e ensinar a arrumar a bagunça são algumas das tarefas diárias e necessárias dos pais. Mas reservar um tempo apenas para curtir os filhos e estimular as brincadeiras é mais importante do que muitos imaginam.
 Brincar não só estimula as múltiplas inteligências da criança como também passa valores éticos e morais.
Quem explica isso é a terapeuta infantil Regiane Glashan. De acordo com ela, brincar é o momento mais importante na vida das crianças até os 7 anos de idade. “Crianças que brincam são física e mentalmente saudáveis e criativas”, explica.
Brincadeiras são a ponte entre o mundo infantil e o adulto.
 É nesta hora que a criança externa suas angústias e sentimentos e tem contato com as primeiras experiências da vida dela. “É uma oportunidade para a criança crescer, conhecer o mundo do adulto, desenvolver sua fantasia, imaginação, criatividade, explorar seus sentimentos, desenvolver sua capacidade de concentração e atenção e nutrir sua vida interior”, diz Regiane.
A grande vantagem deste aprendizado é que a única coisa que os pequenos precisam para se divertirem é a imaginação. A terapeuta explica que “a criança que brinca é mais espontânea, esperta, se interessa pelo ambiente que a cerca e tem mais facilidade em aprender. Sua curiosidade é mais aguçada e seu relacionamento com as pessoas é natural”.
O carrinho nas brincadeiras
Pensando em incentivar os pais a mergulharem no mundo dos filhos, a marca de carrinhos de brinquedos Hot Wheels promoveu um encontro de mães em São Paulo no dia 12 de março para mostrar que brincar é essencial para o desenvolvimento físico e mental dos pequenos.
Segundo uma pesquisa feita pela Mattel nos EUA, 84% dos meninos ganham um carrinho antes dos três anos de idade. Para a Diretora de Marketing da Mattel do Brasil, Isabel Patrão, isso mostra que esse tipo de brincadeira é querido tanto pelas crianças, como pelos pais, e deve ser compartilhado por toda a família. “Queremos incentivar a participação, não só dos pais, mas também das mães, nessa diversão. Isso é essencial para que elas conheçam melhor seus filhos”, afirma Isabel.
Segundo Regiane Glashan, essa preferência é muito positiva, pois carrinhos ajudam no desenvolvimento psicomotor e neurológico das crianças. “Eles estimulam a imaginação, a interação social, a criatividade, desenvolvem habilidades básicas física e motoras finas, relações espaciais, reconhecimento de formas e cores e ensinam a relação de causa e efeito”, explica”.

Por Natália Mito | Yahoo Mulher – sex, 14 de mar de 2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário